AUSTRÁLIA para italianos!

A minha primeira viagem para longe do Brasil, assim, de verdade, foi pra um dos lugares mais far far away que se pode alcançar.

Passei um verão inteiro na Austrália, com a minha mãe e meu irmão que estava morando lá há alguns meses. Foi nessa viagem, em 2012-2013, que eu consegui entender e sentir tudo o que eu poderia ter, ou que estava perdendo no caso, por não ser italiana.

Em Sydney, no ferry boat indo para Manly Beach.

Eu fui despretensiosamente apenas passar o ano novo com minha família e conhecer esse lugar incrível, comemorando minha formatura. Nem uma semana depois só queria entender o que era necessário pra ficar mais naquele paraíso!

Pra quem sempre pensa se “irá se adaptar” ao clima de determinado lugar ao fazer um intercambio, a aussie land é o melhor lugar que um brasileiro pode encontrar.

Bondi Beach em Sydney.

E partindo para a parte prática da coisa, como é ir para austrália como brasileiro? E afinal, qual é a diferença de ir como italiano?

Meu irmão que não tem a cidadania, foi com um visto de estudos. O visto permite que você também trabalhe por algumas horas semanais, mais ou menos 20h, e é relativamente fácil de ser renovado, desde que se prossiga com os estudos.

Não só estudo de inglês, mas algum curso – valem cursos técnicos, superiores, enfim, um curso.

Antes de sair do Brasil, ele fez alguns exames de saúde exigidos para a obtenção do visto. Assim como viajou com uma quantidade de dinheiro comprovada, seguro saúde, passagem de volta comprada e matrícula na escola de inglês, no caso dele.

O visto custava alguns dólares australianos – mais ou menos 450 dólares, hoje custa 575AUD. Junto os exames e a escola, era um belo investimento. Sem falar na passagem né, porque é loooonge.

Eu fiz a viagem com um visto de turismo que me permitiu estudar lá por 1 mês em um curso de inglês. Lembro que o visto custou 125AU, hoje 140EU, e que para obtê-lo, você fazia tudo pelo site do governo australiano. Esse visto vale por 3 até meses na país, em múltiplas entradas durante a validade. O meu valeu por 2 anos e é proibido trabalhar.

Blue Mountains Park, próximo a Sydney.

Agora vou te contar tudo novamente, só que seu eu fosse italiana naquela época, a história seria a seguinte:

Considerando que eu só estava visitando meu irmão, poderia pedir um visto de turismo eVisitor(651) que tem a duração de até 3 meses. Esse visto vale também para quem fará cursos de tempo inferior a 12 semanas, não dá direito ao trabalho e é feito pelo mesmo site do governo. Nesse caso, como italiana, não há nenhum custo 🤭.

Agora, se eu quiser fazer um teste, de um ano morando na Austrália? Trabalhando, conhecendo o local, vou te contar:

Para uma boa parte dos europeus e e alguns países asiáticos o governo australiano oferece um visto que combina trabalho e turismo, chamado Working Holiday Marker. Com esse visto, você pode ir para lá e ficar pelo menos 1 ano, sem a obrigação de ter fazer nenhum curso e trabalhar legalmente por 40h semanais, exatamente igual aos aussies.

Se depois disso ainda quiser ficar mais tempo, prática bem comum entre os europeus, o que acontece? Precisará trabalhar em uma área mais afastada dos grandes centros. Por aproximadamente 40 dias, e assim poderá renovar (e pagar) seu visto por mais um ano.

Esse visto vale para jovens de 18 a 30 anos e custa em aproximadamente 440AUR por 1 ano.

Como exigências, precisará de uma comprovação de que tem dinheiro para comprar uma passagem de volta ao seu país e se sustentar pelos primeiros dias de viagem.

Concluindo, para quem pensa em imigrar do Brasil, a Austrália é um país de imigrantes que oferece inúmeras oportunidades. Sendo italo-brasileiro o cenário fica ainda mais favorável, deixando a porta aberta para imigrar, trabalhar e tentar uma nova vida. Num país que tem clima, praias e uma qualidade de vida maravilhosa.

Deixo esse link do site oficial do governo australiano, que explica em português todos os tipos de vistos, lugares para conhecer e tem fotos incríveis!

Whiteheaven Beach, do arquipélago de Whitsundays, Queensland.

Eu passei meus 3 meses na Austrália e seu verão! Não vejo a hora de ter a oportunidade de voltar! Mas agora será como italiana 🇦🇺🇮🇹🇧🇷

E para quem quer turistar na Austrália!

Fica aqui nossas sugestões de passeios com o nosso parceiro Get Your Guide!

Siga @ilpercorso no instagram :)